‘Bonsai’, de Alejandro Zambra

Postado por in Non categorizzato | 0 Commenti

‘Bonsai’ é um livretinho de módicas 64 páginas que me custou baratinhos 20 reais na Livraria Cultura. Ao final da leitura, ‘Bonsai’ me fez pensar que, a despeito de qualquer aparente contradição, ele foi um dos maiores livrões que li este ano e um dos meus melhores investimentos literários. Explico-me.

‘Bonsai’ é o livro mais famoso do escritor chileno Alejandro Zambra, tendo vencido o prêmio do Conselho Nacional do Livro do Chile em 2006. Ele conta a história de Julio e Emilia, dois estudantes de literatura que se conhecem em um grupo de estudos na faculdade e começam a namorar. O casal se enamora entre muitas leituras de livros de diversos autores até que se depara com o conto Tantalia, de Macedonio Fernández. O conto intriga os dois ao versar sobre um casal que se utiliza de um bonsai como símbolo de sua relação.

leggi di più

‘O Livro de Areia’, de Jorge Luis Borges

Postado por in Non categorizzato | 0 Commenti

Ano passado tive o privilégio de conhecer Buenos Aires em uma viagem que fiz em família. Ótima experiência. Lá, conheci um argentino chamado Javier, com quem troquei algumas ideias sobre livros.

Quando falei que gostava de literatura argentina, ele rapidamente me perguntou: ‘Mas qual seu time? Julio Cortázar ou Jorge Luis Borges? Não pode gostar dos dois, é contra as regras!’ E rindo, me explicou que alguns argentinos têm o costume de rivalizar Borges e Cortázar. Quem gosta de um, necessariamente não gosta do outro.

leggi di più

‘Dois Rios’, de Tatiana Salem Levy

Postado por in Non categorizzato | 0 Commenti

O segundo romance publicado de Tatiana Salem Levy guarda muita semelhança com o primeiro, ‘A Chave de Casa’. Nesta obra a autora também se vale dos recursos de uma narrativa não cronológica compilada em capítulos curtos.

‘Dois Rios’ conta a história dos irmãos gêmeos Joana e Antônio, que passam as férias na casa dos avós em Dois Rios, no litoral do Rio de Janeiro. Numa dessas férias ele acabam recebendo a notícia de que o pai faleceu na Capital. É a partir daí que a culpa, a solidão e a dificuldade de lidar com a perda do pai e as obsessões da mãe faz com que os irmãos, que dantes eram tão unidos, se distanciem. Isso até que a francesa Marie-Ange perpassa a vida dos dois, e os remete novamente à Dois Rios e a uma infância repleta de lembranças.

leggi di più

‘A Chave de Casa’, de Tatiana Salem Levy

Postado por in Non categorizzato | 0 Commenti

Um livrão. ‘A Chave de Casa’, romance de estreia de Tatiana Salem Levy é um livrão. Lançado em 2007 e vencedor do prêmio São Paulo de Literatura e finalista do prêmio Jabuti em 2008, o livro é merecedor de todas as honrarias.

Tatiana é uma escritora que já nasceu pronta. Seu primeiro romance publicado é maduro e marcante. Construída com maestria de forma não linear, a narrativa conta a história da própria Tatiana, num gênero que ela intitulou de ‘autoficção’. ‘A Chave de Casa’ é a reconstrução do passado da autora, que por ser neta de turcos, viaja até Istambul em busca de suas raízes levando na bagagem uma chave que lhe foi dada pelo avô e que abriria a porta de uma casa onde ele vivera.

leggi di più