Das paixões que são minhas

Postado por in Non categorizzato | 0 Commenti

Sou apaixonada por uma boa conversa. Trocar ideias, conhecer outras visões, outros mundos, outros aprendizados.

Na mesma medida sou apaixonada por livros, filmes dirigidos por Pedro Almodóvar, por músicas que possuam a capacidade de colorir meus momentos em preto-e-branco, por ballet, por delicadezas, sutilezas, atenções dedicadas, abraços carinhosos, palavras doces, esmaltes coloridos, companhias, solitude, brownie de chocolate, risadas incontroláveis quando estou sozinha, cama e café quentinhos, cerveja gelada, silêncios confortáveis, recortes de jornais, maquiagem, flores, lembranças, passado e presente e futuro, chá gelado e algumas outras muitas coisas.

leggi di più

Cotidiano

Postado por in Non categorizzato | 0 Commenti

Há sempre a necessidade de um intervalo entre o momento em que o despertador toca e a minha saída do enlace das cobertas. É sabendo disso que programo o alarme sempre para às 05:45 quando preciso estar longe de cama às 06:00.

Cumprido todo ritual de higiene e recapeamento das imperfeições do meu corpo mais aparentes com maquiagem e uma roupa adequada, estou sentada à mesa do café no mais tardar às 06:40. É nesse momento que você sorri largamente para o meu apresentar à soleira da porta da cozinha e só desfaz o sorriso dos lábios quando pergunta como foi minha noite de sono.

leggi di più

‘Os Imperfeccionistas’, de Tom Rachman

Postado por in Non categorizzato | 0 Commenti

Descobri ‘Os Imperfeccionistas’ por meio de um comentário feito pela minha amiga Rapha, que também é jornalista e leitora. Ela me disse ter lido bons comentários sobre ele e que queria comprá-lo.

Vasculhando informações na internet descobri que o livro era uma espécie de representação realista-cômica do cotidiano das redações de jornais.  Me interessei. Num acesso de olha!ainda tem um resto de salário na minha conta fui à livraria e comprei dois exemplares – um pra mim e um pra Rapha.  (O investimento feito na minha edição me foi ressarcido pelos meus pais como presente de aniversário, o que me permitiu comprar 1922 – A Semana que não terminou, livro recém lançado pelo jornalista Marcos Augusto Gonçalves sobre a Semana de Arte Moderna de 22. Em breve falarei dele aqui).

leggi di più

Manias que são minhas

Postado por in Non categorizzato | 0 Commenti

Leio riscando meus livros desde que aprendi a ler. Sublinho frases, descrevo entendimentos, faço comparações.

Só uso uma caneta nova quando acabo a tinta da que esteja em uso. E só uso uma caneta por vez, não importa se tenho um estojo cheio delas. Alguns médicos da Califórnia chamam isso de Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC). Alguns médicos do Ceará chamam isso de frescura.

Coço o nariz quando estou nervosa, quando estou com medo e quando estou desconcertada.

Sempre tenho um livro na bolsa.

leggi di più

Convalescente

Postado por in Non categorizzato | 0 Commenti

É algo que me rasga as entranhas, uma dor tão dilacerante que chega a ser mortal e domina todas as minhas sensações e sentidos. Queria detalhá-la para que você pudesse compreender-me mas não, não consigo, toda descrição por mais verossímil que seja é imprecisa, você não me compreenderia se eu falasse, e também não quero que te preocupes, quero apenas que você fique aqui comigo e me afague os cabelos, me acolha entre tuas pernas e aja como se este fosse o último dia em nossas vidas.

leggi di più